safras

PETRÓLEO: Futuros fecham em alta, mas acumulam perdas na semana

13 de maio de 2022
Compartilhe

Porto Alegre, 13 de maio de 2022 – Os preços dos contratos futuros de
petróleo fecharam em altas de quase 4%, com a China ponderando aliviar as
restrições de covid-19 e um possível aperto da oferta com as sanções da
União Europeia à Rússia. Na semana, os dois contratos acumularam perdas.

A queda nos estoques de gasolina dos Estados Unidos também ajudou nas altas,
pois mostrou que não há aumento no armazenamento de combustível do país
desde março.

Os preços do petróleo têm sido voláteis, apoiados por preocupações de
que uma possível proibição da União Europeia ao petróleo russo possa
diminuir a oferta, mas pressionados pelos bloqueios de covid-19 na China.

“O foco durante grande parte da semana foi a incapacidade da União Europeia
de chegar a um acordo sobre a proibição do petróleo russo, o que sugere que
não teremos um choque imediato no mercado de petróleo”, afirmam analistas da
Oanda.

Esta semana, Moscou impôs sanções a várias empresas de energia europeias,
causando preocupações com o fornecimento.

Na China, as autoridades se comprometeram a apoiar a economia e as
autoridades da cidade disseram que Xangai começará a aliviar as restrições e
abrirá lojas este mês.

Pressionando os preços do petróleo durante a semana, inflação e altas de
juros impulsionaram o dólar.

A União Europeia disse que houve progresso suficiente para reiniciar as
negociações nucleares com o Irã. Os Estados Unidos disseram que apreciam os
esforços da UE, mas disseram que ainda não há acordo e nenhuma certeza de que
um possa ser alcançado.

Analistas disseram que um acordo com o Irã poderia adicionar mais 1 milhão
de barris por dia (bpd) de oferta de petróleo ao mercado.

O preço do contrato do petróleo WTI negociado na Nymex com entrega para
maio subiu 3,99%, cotado a US$ 108,63 o barril. Já o preço do contrato do
Brent negociado na plataforma ICE, com entrega para junho avançou 3,87%, cotado
a US$ 111,55 o barril.

Na semana, os contratos acumularam perdas. O WTI perdeu 1,04% e o Brent
0,75%.

As informações partem da Agência CMA.

Revisão: Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2022 – Grupo CMA

Cotação semanal

Dados referentes a semana 20/05/2022

Suíno Independente kg vivo

R$ 5,43

Farelo de soja à vista tonelada

R$ 2.555,00

Casquinha de soja à vista tonelada

R$ 1.167,50

Milho Saca

R$ 89,33
Ver anteriores

Preço base - Integração

Atualizado em: 20/05/2022 13:15

AURORA* base suíno gordo

R$ 5,10

AURORA* base suíno leitão

R$ 5,20

Cooperativa Languiru

R$ 5,20

Cooperativa Majestade*

R$ 5,10

Dália Alimentos

R$ 5,20

Alibem - base creche e term.

R$ 4,10

Alibem - base suíno leitão

R$ 5,20

BRF

R$ 5,30

Estrela Alimentos - creche e term.

R$ 4,10

Estrela Alimentos - base leitão

R$ 5,15

JBS

R$ 5,30

Pamplona* base term.

R$ 5,10

Pamplona* base suíno leitão

R$ 5,20
* mais bonificação de carcaça Ver anteriores

Parceiros da Suinocultura Gaúcha

Parceria