Agronegócio

Produção do campo supera R$ 1 trilhão

19 de julho de 2021
Compartilhe

O valor bruto da produção agropecuária deverá superar R$ 1 trilhão pela primeira vez neste ano. O faturamento das lavouras deverá alcançar R$ 753,2 bilhões e o da pecuária, R$ 346,2 bilhões. O resultado de R$ 1,099 trilhão será 10,5% maior em valores reais do que o valor da produção de 2020, de acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Nas suas avaliações, o Mapa utiliza como deflator o Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) da Fundação Getúlio Vargas, em cuja composição os preços no atacado têm peso expressivo. Por isso, esse índice tem registrado variação bem maior do que a do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Entre 2005 e 2014, o valor da produção das lavouras mostrou forte e contínuo aumento, em razão da alta dos preços internacionais. O aumento no período foi de mais de 170%. Entre 2014 e 2019, houve certa estabilidade, até com pequena redução do valor nesses cinco anos. A recuperação, a partir do ano passado, com nova alta das commodities no mercado mundial, é expressiva. O valor estimado da produção neste ano deverá ser quase 40% maior, em valores reais, do que o de 2019.

Na comparação com 2020, o aumento do faturamento das lavouras deverá ser de 13,8% e o do faturamento da pecuária, de 3,8%. Os maiores destaques serão para o arroz (aumento de 3,8%), cana-de-açúcar (2,3%), milho (15,7%), soja (30,2%) e trigo (34,6%). Esses produtos respondem por 55,4% do valor bruto da produção total. O trigo, em particular, vem mostrando resultados notáveis. Neste ano, a safra deverá alcançar o recorde de 8,48 milhões de toneladas (o anterior, de 6,73 milhões de toneladas, é da safra 2015/2016).

Na pecuária, os melhores resultados são registrados pela carne bovina (alta de 7,5% no valor da produção) e carne de frango (6,1%). Outros componentes do valor da pecuária, como suínos e leite, estão com resultados mais fracos.

As exportações continuam apresentando bons números. Nos seis primeiros meses, as vendas externas do agronegócio somaram US$ 61,49 bilhões, com aumento de 20,8% em relação ao total do primeiro semestre do ano passado. No período, o agronegócio respondeu por 45,3% do total exportado pelo País.

Fonte: Jornal de Brasília

Cotação semanal

Dados referentes a semana 30/07/2021

Suíno Independente kg vivo

R$ 6,79

Farelo de soja à vista tonelada

R$ 2.333,30

Casquinha de soja à vista tonelada

R$ 1.575,00

Milho Saca

R$ 97,33
Ver anteriores

Preço base - Integração

Atualizado em: 04/08/2021 14:00

AURORA* base suíno gordo

R$ 5,90

AURORA* base suíno leitão

R$ 6,00

Cooperativa Languiru

R$ 5,70

Cooperativa Majestade*

R$ 5,70

Dália alimentos

R$ 5,60

Alibem - base creche e terminação

R$ 4,90

Alibem - base suíno leitão

R$ 5,70

BRF

R$ 5,70

Estrela Alimentos - creche e terminação

R$ 4,80

Estrela Alimentos - leitão

R$ 5,85

JBS

R$ 5,60

Pamplona* base terminação

R$ 5,90

Pamplona* base suíno leitão

R$ 6,00
* mais bonificação de carcaça Ver anteriores

Parceiros da Suinocultura Gaúcha

Parceria