Agronegócio

Reunião com setores produtivos avalia cenário do agro gaúcho

14 de maio de 2024
Compartilhe

Uma avaliação do cenário e discussão das necessidades para reestruturação do setor do agro no RS foi tema de reunião virtual na sexta-feira (10). Comandada pelas Secretarias da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi), de Desenvolvimento Rural (SDR) e de Desenvolvimento Econômico (Sedec), o encontro reuniu as principais entidades e organizações públicas.

Entre as principais demandas das entidades, estão a necessidade de renegociação de dívidas e a abertura de linhas de crédito específicas para a calamidade que atendam às empresas e aos produtores rurais, além de questões logísticas para o escoamento da produção. As propostas deverão ser entregues ao ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, que tem previsão de vir ao RS.

“O objetivo é ouvir o setor, organizar as demandas conjuntamente para que possamos encaminhá-las internamente dentro do governo, mas também enviar os pleitos e conversar com o governo federal naquilo que eles podem auxiliar para essa reestruturação do setor produtivo”, avaliou o secretário da Agricultura, Giovani Feltes.

As entidades ficaram de organizar as demandas de cada área e enviar às Secretarias, por meio da Comissão de Agricultura, Pecuária, Pesca e Cooperativismo da Assembleia Legislativa.


“É fundamental neste momento fazermos um levantamento dos dados, das necessidades e que tenhamos uma base única de dados, reunindo todas as entidades. Fazendo essas avaliações para que depois possamos levar adiante, envolvendo o governo estadual, Assembleia Legislativa, bancada federal, o governo federal, junto com as entidades para que possamos trabalhar as necessidades e as alternativas para o atendimento dos setores produtivos”, afirmou o secretário Polo.

O secretário Santini afirmou que o Executivo não medirá esforços para mitigar as perdas dos setores produtivos, com destaque para a agricultura familiar. “Estamos ajustando uma série de medidas para conseguir dar suporte aos nossos produtores nesse momento de calamidade, como prorrogação de pagamentos do Feaper, adesão a programas”, destacou.

Fonte: Seapi

Cotação semanal

Dados referentes a semana 24/05/2024

Suíno Independente kg vivo

R$ 6,34

Farelo de soja à vista tonelada

R$ 2.283,33

Casquinha de soja à vista tonelada

R$ 1.300,00

Milho Saca

R$ 60,50
Ver anteriores

Preço base - Integração

Atualizado em: 23/05/2024 14:00

AURORA* - base suíno gordo

R$ 5,40

AURORA* - base suíno leitão

R$ 5,50

Cooperativa Majestade*

R$ 5,40

Dália Alimentos* - base suíno gordo

R$ 5,40

Dália Alimentos* - base leitão

R$ 5,50

Alibem - base creche e term.

R$ 4,55

Alibem - base suíno leitão

R$ 5,40

BRF

R$ 5,35

Estrela Alimentos - creche e term.

R$ 4,40

Estrela Alimentos - base leitão

R$ 5,45

JBS

R$ 5,30

Pamplona* base term.

R$ 5,40

Pamplona* base suíno leitão

R$ 5,50
* mais bonificação de carcaça Ver anteriores

Parceiros da Suinocultura Gaúcha

Parceria