Suinocultura

Volumes de embarques de carne suína cai, mas receita aumenta quase 19%

11 de maio de 2017
Compartilhe

Em abril, em comparação com o mesmo período do ano passado, a receita das exportações totais de carne suína do Brasil teve um crescimento de 18,8%. A informação da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) considera todos os produtos, entre in natura e processados. As vendas geraram US$ 131,2 milhões em abril deste ano, contra US$ 110,4 milhões no quarto mês do ano passado.

Já o desempenho em volumes embarcados retraiu 17,6%, com total de 51 mil toneladas no mês passado, frente à 62 mil toneladas em abril de 2016.

No acumulado do ano, o setor segue com crescimento expressivo na receita das exportações, com total de US$ 534,9 milhões no primeiro quadrimestre deste ano, contra US$ 385,6 milhões nos quatro primeiros meses de 2016. O saldo em volumes também é positivo, com 230,3 mil toneladas exportadas em 2017, número 1,5% acima do desempenho registrado no primeiro quadrimestre de 2016, de 226,9 mil toneladas.

Cotação semanal

Dados referentes a semana 12/07/2024

Suíno Independente kg vivo

R$ 7,35

Farelo de soja à vista tonelada

R$ 2.125,00

Casquinha de soja à vista tonelada

R$ 1.300,00

Milho Saca

R$ 63,63
Ver anteriores

Preço base - Integração

Atualizado em: 16/07/2024 14:00

AURORA* - base suíno gordo

R$ 5,65

AURORA* - base suíno leitão

R$ 5,75

Cooperativa Majestade*

R$ 5,65

Dália Alimentos* - base suíno gordo

R$ 5,50

Dália Alimentos* - base leitão

R$ 5,65

Alibem - base creche e term.

R$ 4,85

Alibem - base suíno leitão

R$ 5,65

BRF

R$ 5,35

Estrela Alimentos - creche e term.

R$ 4,52

Estrela Alimentos - base leitão

R$ 5,60

JBS

R$ 5,30

Pamplona* base term.

R$ 5,65

Pamplona* base suíno leitão

R$ 5,75
* mais bonificação de carcaça Ver anteriores

Parceiros da Suinocultura Gaúcha

Parceria