safras

CÂMBIO: Dólar fecha em sólida queda, impactado por fluxo estrangeiro na B3

5 de agosto de 2022
Compartilhe

Porto Alegre, 5 de agosto de 2022 – O dólar comercial fechou em queda de 1,03%, cotado a R$
5,1680. A moeda se descolou do movimento global, e foi impactada pelas ações de empresas do setor
de varejo e ligadas às commodities, que geraram intenso fluxo estrangeiro no Ibovespa. Na semana, a
moeda teve desvalorização de 0,10%.

De acordo com a economista-chefe da Veedha Investimentos, Camila Abdelmalack, “não sentimos o
movimento externo pois está ocorrendo uma recuperação das empresas ligadas às commodities,
especialmente as metálicas”.

Abdelmalack observa que o movimento de fortalecimento também é beneficiado pela recuperação
de empresas do setor de varejo, como a Magazine Luiza: “Isso mostra que estas ações estavam muito
descontadas, e hoje elas estão gerando um fluxo intenso na bolsa”, pontua.

Segundo fonte ouvida pela CMA, “o mercado continua animado com o Banco Central (BC), que deu a
entender que o ciclo pode terminar. Estamos surfando neste momento de otimismo, a curto prazo o
vento é favorável”, referindo-se à Selic (taxa básica de juros).

Para o analista da Ouro Preto Investimentos, Bruno Komura, “o payroll mostra que o trabalho
ainda está muito aquecido, e o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) vai ter de
ser mais duro e subir os juros para estrangular a inflação”. O payroll (folha de pagamentos)
mostrou que 528 mil vagas foram criadas em julho, muito acima das projeções de 250 mil.

Komura explica que os a conjuntura do mercado de trabalho nos Estados Unidos, como o aumento nos
salários que subiram 5,2% em julho, na base anual, faz com que a economia se mantenha aquecida e
aumente a dificuldade para o controle dos preços.

As informações partem da Agência CMA.

Revisão: Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) – Agência SAFRAS

Copyright 2022 – Grupo CMA

Cotação semanal

Dados referentes a semana 11/08/2022

Suíno Independente kg vivo

R$ 6,89

Farelo de soja à vista tonelada

R$ 2.615,00

Casquinha de soja à vista tonelada

R$ 1.275,00

Milho Saca

R$ 87,33
Ver anteriores

Preço base - Integração

Atualizado em: 17/08/2022 14:00

AURORA* base suíno gordo

R$ 5,40

AURORA* base suíno leitão

R$ 5,50

Cooperativa Languiru

R$ 5,30

Cooperativa Majestade*

R$ 5,40

Dália Alimentos

R$ 5,30

Alibem - base creche e term.

R$ 4,10

Alibem - base suíno leitão

R$ 5,40

BRF

R$ 5,10

Estrela Alimentos - creche e term.

R$ 4,32

Estrela Alimentos - base leitão

R$ 5,35

JBS

R$ 5,10

Pamplona* base term.

R$ 5,40

Pamplona* base suíno leitão

R$ 5,50
* mais bonificação de carcaça Ver anteriores

Parceiros da Suinocultura Gaúcha

Parceria