safras

CARNE BOVINA: Receita de embarques do Brasil atinge US$ 1 bi em julho-Abiec

5 de agosto de 2021
Compartilhe

Porto Alegre, 5 de agosto de 2021 – As exportações brasileiras de carne
bovina registraram incremento de 16,4% no mês de julho em comparação a junho,
de acordo com os dados divulgados pela Secex e compilados pela Associação
Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec). Ao todo, foram
embarcadas 191.251 toneladas de carne bovina em julho ante 164.332 toneladas em
junho. Em receita, o aumento foi de 21,1%, passando de US$ 835,1 milhões para
US$ 1 bilhão. Trata-se do melhor resultado mensal do ano.

Na comparação com julho de 2020, os embarques registraram desaceleração
de 1,4% no volume ante as 194 mil toneladas embarcadas no mesmo período. Já o
faturamento cresceu 29,9% em julho desse ano ante os US$ 778,3 milhões
registrados em julho de 2020, indicando um aumento do preço médio pago pela
carne em vários mercados. O preço médio total no período registrou alta de
31,8%.

China

A China segue como principal destino da carne brasileira fechando o mês de
julho com um volume total de 91.144 toneladas, crescimento de 11,2%. As
receitas tiveram alta de 19,1% somaram US$ 525,5 milhões. Quando se observa o
período de janeiro a julho de 2021, os embarques para a China já somam 490 mil
toneladas e receitas de US$ 2,493 bilhões, crescimento de 8,6% e 13,8%,
respectivamente, no comparativo com o mesmo período de 2020.

Acumulado do ano

De janeiro a julho de 2021 as exportações totais registraram incremento
de 8,5% no faturamento que fechou o período em US$ 5 bilhões ante US$ 4,6
bilhões registrado nos sete primeiros meses de 2020. Na comparação com o
mesmo período do ano passado, o volume embarcado deixou de crescer 3,3% com
embarque de 1.065.676 toneladas.

Outros destinos

No acumulado do ano, os embarques para os Estados Unidos cresceram 93%,
passando de 27.512 toneladas para 53.123 toneladas. Outros destinos que
registraram aumento do volume foram Chile com 48.789 toneladas, Filipinas com
32.642 toneladas e Emirados Árabes Unidos com 25.349 toneladas. As
informações partem da assessoria de imprensa da Abiec.

Revisão: Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA

Cotação semanal

Dados referentes a semana 17/09/2021

Suíno Independente kg vivo

R$ 6,79

Farelo de soja à vista tonelada

R$ 2.245,00

Casquinha de soja à vista tonelada

R$ 1.800,00

Milho Saca

R$ 90,00
Ver anteriores

Preço base - Integração

Atualizado em: 17/09/2021 16:00

AURORA* base suíno gordo

R$ 5,90

AURORA* base suíno leitão

R$ 6,00

Cooperativa Languiru

R$ 5,90

Cooperativa Majestade*

R$ 5,90

Dália Alimentos

R$ 5,90

Alibem - base creche e term.

R$ 4,90

Alibem - base suíno leitão

R$ 5,70

BRF

R$ 5,60

Estrela Alimentos - creche e term.

R$ 4,80

Estrela Alimentos - base leitão

R$ 5,95

JBS

R$ 5,60

Pamplona* base term.

R$ 5,90

Pamplona* base suíno leitão

R$ 6,00
* mais bonificação de carcaça Ver anteriores

Parceiros da Suinocultura Gaúcha

Parceria