safras

CARNE DE FRANGO: Argentina expande financiamentos ao setor

6 de julho de 2022
Compartilhe

Porto Alegre, 6 de julho de 2022 – O ministro da Agricultura da Argentina,
Julián Domínguez, e seu homólogo de Desenvolvimento Produtivo, Daniel Scioli,
assinaram um acordo para ampliar para $ 30 bilhões a linha de financiamento, a
uma taxa subsidiada pelo governo nacional para a promoção das exportações e
substituição de importações no setor avícola.

Com o objetivo de aumentar as exportações e substituir as importações,
a linha de crédito terá prazo de até 60 meses, com carência de principal de
12 meses. Serão financiados até um valor máximo de 500 milhões de pesos, com
um desconto tarifário pelo FONDEP de cinco pontos percentuais.

Já para projetos estratégicos, o prazo de financiamento será de até 84
meses, com carência de capital de 12 meses. Serão financiados até um valor
máximo de 1 bilhão de pesos, com um desconto tarifário pelo FONDEP de cinco
pontos percentuais.

Além disso, está prevista a linha de créditos diretos para investimentos
de 200 mil a 30 milhões de pesos. O prazo de financiamento será de até 84
meses, com carência de capital de 12 meses.

Juntamente com representantes do Centro de Empresas Processadoras de Aves
(CEPA) e da Câmara Argentina de Produtores de Aves (CAPIA), o ministro
Domínguez destacou que a avicultura é uma grande transformadora de milho e
soja em proteínas e destacou que, durante o último mês de junho, as compras
de milho registradas pelo setor avícola foram as maiores do ano.

“Como já estamos fazendo com o Plano GanAr, hoje estamos fazendo com
aves. E vamos continuar esse caminho com o setor de suínos e ovinos. Queremos
exportar proteínas para o mundo. Esse é o nosso desafio”, Domínguez
concluíu.

Em 2021, a produção de carne de aves foi de 2,3 milhões de toneladas,
quando em 2000 foram produzidas 919 mil toneladas. Dessa forma, o setor avícola
multiplicou sua produção em 2,5 vezes nas últimas duas décadas. Enquanto
isso, o consumo per capita ficou em 46 quilos no ano passado.

Por sua vez, as exportações de carne de aves totalizaram, em 2021, um
volume de 217 mil toneladas de produtos comestíveis, totalizando US$ 314
milhões. Este ano, no período janeiro-maio de 2022, foram exportadas 91 mil
toneladas, totalizando US$ 139 milhões.

Tradução: Pedro Carneiro (pedro.carneiro@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Rigoberto Horacio Vera / Agência CMA LatAm

Copyright 2022 – Grupo CMA

Cotação semanal

Dados referentes a semana 11/08/2022

Suíno Independente kg vivo

R$ 6,89

Farelo de soja à vista tonelada

R$ 2.615,00

Casquinha de soja à vista tonelada

R$ 1.275,00

Milho Saca

R$ 87,33
Ver anteriores

Preço base - Integração

Atualizado em: 17/08/2022 14:00

AURORA* base suíno gordo

R$ 5,40

AURORA* base suíno leitão

R$ 5,50

Cooperativa Languiru

R$ 5,30

Cooperativa Majestade*

R$ 5,40

Dália Alimentos

R$ 5,30

Alibem - base creche e term.

R$ 4,10

Alibem - base suíno leitão

R$ 5,40

BRF

R$ 5,10

Estrela Alimentos - creche e term.

R$ 4,32

Estrela Alimentos - base leitão

R$ 5,35

JBS

R$ 5,10

Pamplona* base term.

R$ 5,40

Pamplona* base suíno leitão

R$ 5,50
* mais bonificação de carcaça Ver anteriores

Parceiros da Suinocultura Gaúcha

Parceria