safras

COMBUSTIVEIS: Elevar estoques mínimos de diesel S10 seria caro e ineficiente -IBP

5 de agosto de 2022
Compartilhe

Porto Alegre, 5 de agosto de 2022 – O Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP) avalia como
positiva a decisão da Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), de não elevar
os níveis de estoques mínimos de diesel S10 exigidos no país, o que seria oneroso ao sistema e
ineficiente para a garantia de suprimento.

“É importante destacar que o atendimento aos mercados é objetivo central dos agentes
econômicos, que desenham as suas estratégias comerciais e logísticas com base em análises das
alternativas de suprimento e da demanda. Diante de um cenário internacional desafiador nos últimos
meses, os agentes demonstraram responsabilidade pelo abastecimento e compromisso com seus contratos,
sem faltas ou interrupções, tendo elevado seus estoques acima dos níveis mínimos previstos na
Resolução 45/2013, sem que houvesse qualquer comando neste sentido”, disse o IBP, em nota sobre a
decisão da ANP.

O IBP tem defendido uma sistemática de monitoramento do abastecimento pela ANP baseada no
aprofundamento do conhecimento das características de cada cadeia logística do país com
ferramentas menos intervencionistas e mais preditivas – bem como a manutenção da atual
obrigatoriedade de comunicação ágil à ANP de qualquer interrupção e/ou redução de
fornecimento.

O Instituto disse que seguirá acompanhando o cenário global, atento a mudanças que requeiram
eventuais novas iniciativas e atualizando a sociedade e os órgãos competentes sobre o panorama do
abastecimento nacional.

As informações partem da assessoria de imprensa do IBP.

Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) – Agência SAFRAS

Copyright 2022 – Grupo CMA

Cotação semanal

Dados referentes a semana 11/08/2022

Suíno Independente kg vivo

R$ 6,89

Farelo de soja à vista tonelada

R$ 2.615,00

Casquinha de soja à vista tonelada

R$ 1.275,00

Milho Saca

R$ 87,33
Ver anteriores

Preço base - Integração

Atualizado em: 17/08/2022 14:00

AURORA* base suíno gordo

R$ 5,40

AURORA* base suíno leitão

R$ 5,50

Cooperativa Languiru

R$ 5,30

Cooperativa Majestade*

R$ 5,40

Dália Alimentos

R$ 5,30

Alibem - base creche e term.

R$ 4,10

Alibem - base suíno leitão

R$ 5,40

BRF

R$ 5,10

Estrela Alimentos - creche e term.

R$ 4,32

Estrela Alimentos - base leitão

R$ 5,35

JBS

R$ 5,10

Pamplona* base term.

R$ 5,40

Pamplona* base suíno leitão

R$ 5,50
* mais bonificação de carcaça Ver anteriores

Parceiros da Suinocultura Gaúcha

Parceria