safras

ECONOMIA: IPC da Alemanha fica estável em agosto após revisão

11 de setembro de 2020
Compartilhe

Porto Alegre, 11 de setembro de 2020 – O índice de preços ao consumidor
da Alemanha ficou estável em agosto na comparação com o mesmo mês do ano
anterior, após apresentar queda de 0,1% em julho, de acordo com dados revisados
divulgados pelo Escritório Federal de Estatísticas (Destatis).

Na comparação entre agosto e junho, o índice caiu 0,1%. A leitura
preliminar havia mostrado dados idênticos.

Os preços de energia (que incluem eletricidade e combustíveis) caíram
6,3% em agosto em base anual (sem revisão), após a queda de 6,7% em julho. Os
preços de alimentos subiram 0,7% (sem revisão), depois de avançarem 1,2% no
mês anterior.

Os preços dos bens recuaram 1,3% em agosto (sem revisão), em base anual,
após a queda de 1,4% em julho. Enquanto isso, os preços dos serviços subiram
1,0% (sem revisão), depois de avançarem 1,2% no mês anterior.

O índice de preços ao consumidor harmonizado (HICP, na sigla em inglês),
calculado em padrões internacionais da União Europeia (UE) para efeito de
comparação com os índices de outros países do bloco, caiu 0,1% em agosto na
comparação anual, em linha com o dado anterior. Com informações da Agência
CMA.

Revisão: Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA

Cotação semanal

Dados referentes a semana 16/10/2020

Suíno Independente kg vivo

R$ 8,20

Farelo de soja à vista tonelada

R$ 2.470,00

Farelo de soja 30 dias tonelada

R$ 2.490,00

Milho Saca

R$ 69,33
Ver anteriores

Parceiros da Suinocultura Gaúcha

Parceria