Agronegócio

Preço da soja volta a subir devido a crescimento de demanda e valorização do dólar

18 de julho de 2022
Compartilhe

Pesquisadores do Cepea indicam que esse cenário acirrou a competitividade entre esses demandantes e importadores, os quais, por sua vez, foram atraídos pelo grão nacional.

O crescimento nas demandas doméstica e externa por farelo de soja incentivou indústrias nacionais a elevarem as aquisições de soja em grão nos últimos dias.

Pesquisadores do Cepea indicam que esse cenário acirrou a competitividade entre esses demandantes e importadores, os quais, por sua vez, foram atraídos pelo grão nacional, tendo em vista a valorização do dólar frente ao Real e a necessidade de completar cargas para embarque imediato.

No entanto, a alta do frete rodoviário limitou as vendas do grão para exportação, uma vez que esse contexto tornou as comercializações em mercados regionais mais remuneradoras aos vendedores.

Fonte: Suinocultura Industrial

Cotação semanal

Dados referentes a semana 11/08/2022

Suíno Independente kg vivo

R$ 6,89

Farelo de soja à vista tonelada

R$ 2.615,00

Casquinha de soja à vista tonelada

R$ 1.275,00

Milho Saca

R$ 87,33
Ver anteriores

Preço base - Integração

Atualizado em: 17/08/2022 14:00

AURORA* base suíno gordo

R$ 5,40

AURORA* base suíno leitão

R$ 5,50

Cooperativa Languiru

R$ 5,30

Cooperativa Majestade*

R$ 5,40

Dália Alimentos

R$ 5,30

Alibem - base creche e term.

R$ 4,10

Alibem - base suíno leitão

R$ 5,40

BRF

R$ 5,10

Estrela Alimentos - creche e term.

R$ 4,32

Estrela Alimentos - base leitão

R$ 5,35

JBS

R$ 5,10

Pamplona* base term.

R$ 5,40

Pamplona* base suíno leitão

R$ 5,50
* mais bonificação de carcaça Ver anteriores

Parceiros da Suinocultura Gaúcha

Parceria