Suinocultura

Exportações de carne suína à China diminuem, mas envio a outros países aumenta

20 de junho de 2022
Compartilhe

É importante ressaltar que a China vem diminuindo a necessidade de comprar proteína no mercado internacional.

As exportações brasileiras de carne suína (in natura e industrializada) à China, o maior destino da proteína nacional, recuaram 12,7% entre abril e maio. No acumulado do ano (de janeiro a maio), a queda nos envios ao país asiático já é de fortes 38,9% frente ao mesmo período de 2021, de acordo com a Secex.

Esse cenário pressionou o total exportado pelo Brasil no último mês. A queda, porém, foi limitada pelo aumento dos embarques a outros destinos, como as Filipinas, que importaram 33,5% mais carne suína em maio frente a abril, tornando-se o segundo maior destino da proteína brasileira no último mês – atrás apenas da China.

Assim, o Brasil exportou o total de 88,1 mil toneladas de carne suína em maio, de acordo com a Secex, leve queda de 0,4% frente a abril e 13% a menos que o embarcado em maio/21.

É importante ressaltar que a China vem diminuindo a necessidade de comprar proteína no mercado internacional.

Segundo pesquisadores do Cepea, esse movimento reflete a recuperação do rebanho de suínos no país após os picos de Peste Suína Africana (PSA), doença que acometeu milhões de animais.

De acordo com dados do USDA, a produção chinesa de suínos já está próxima do patamar anterior à PSA, atingindo 655 milhões de cabeças em 2021, crescimento de 49% frente a 2019, o período mais crítico da doença no país asiático.

Fonte: Suinocultura Industrial

Cotação semanal

Dados referentes a semana 01/07/2022

Suíno Independente kg vivo

R$ 6,46

Farelo de soja à vista tonelada

R$ 2.666,66

Casquinha de soja à vista tonelada

R$ 1.275,00

Milho Saca

R$ 88,67
Ver anteriores

Preço base - Integração

Atualizado em: 06/07/2022 13:30

AURORA* base suíno gordo

R$ 5,10

AURORA* base suíno leitão

R$ 5,20

Cooperativa Languiru

R$ 5,20

Cooperativa Majestade*

R$ 5,10

Dália Alimentos

R$ 5,20

Alibem - base creche e term.

R$ 4,10

Alibem - base suíno leitão

R$ 5,20

BRF

R$ 5,10

Estrela Alimentos - creche e term.

R$ 4,10

Estrela Alimentos - base leitão

R$ 5,15

JBS

R$ 5,10

Pamplona* base term.

R$ 5,10

Pamplona* base suíno leitão

R$ 5,20
* mais bonificação de carcaça Ver anteriores

Parceiros da Suinocultura Gaúcha

Parceria